domingo, 31 de julho de 2011

Chapada Diamantina irá sediar, mais uma vez, evento internacional de ciclismo

A Chapada Diamantina será palco de um dos maiores eventos de ciclismo do Brasil: a Ultramaratona Brasil Ride que reunirá cerca de 400 atltetas de mais de 13 países, é a maior competicação de Moutain Bike já realizada em solo brasileiro.


As duplas enfrentarão inúmeros desafios ao longo de, aproximadamente, 585 km entre serras, vales e rios. As trilhas da Chapada Diamantina, localizadas na região central do Estado da Bahia, entre as cidades históricas de Mucugê e Rio de Contas, serão um cenário perfeito para a épica corrida, que deverá durar sete dias, compreendendo o período de 23 a 29 de outubro de 2011, oportunidade em que centenas de atletas, em sua grande maioria profissionais do ciclismo, terão uma experiência de vida inesquecível.

www.brasilride.com.br

Com informações do Trilhas e Caminhos

Divaldo Franco diz que o mundo está em transição

Médium Divado Franco: após transição, planeta Terra deixará de ser local de expição e de provas

O médium e orador espírita Divaldo Pereira Franco, da Mansão do Caminho (Salvador), conhecido internacionalmente, falou, ontem (29 de julho), para uma atenta platéia, no salão de conferências do Centro Espírita Alberto Ramos, na cidade de Rio de Contas, vizinha a Livramento de Nossa Senhora, Bahia. Ele cumpre roteiro de palestras em comemoração aos “40 anos semeando o Evangelho a toda gente de Paramirim e Região”.

Durante uma 1h e 9m, traçou minucioso perfil ético-moral-espiritual da sociedade humana, destacando o paradoxo entre o desenvolvimento técnico-científico e a degradação a que chegou a humanidade, com o crescimento de todas as formas de violência. No primeiro caso, citou o aperfeiçoamento da medicina, com novas técnicas de cura, aumentando a expectativa de vida; e o desenvolvimento das comunicações, de que são exemplos a televisão e os meios internéticos.

No segundo, citou a disseminação do uso das drogas, a perversão sexual, o tabagismo, o alcoolismo, o erotismo, a nudez, os assaltos, os assassinatos, a impunidade, a degeneração familiar. Disse que isso ocorre porque “a criatura humana perdeu o endereço de Deus” e pela “ausência de valores humanos”. Citou o recente caso do assassino de Oslo, na Noruega, considerado psicopata, que matou dezenas de inocentes, justamente na terra de Alfred Nobel, criador do prêmio destinado a destacar os que ajudam a humanidade.

Disse que “tudo isso acontece em uma sociedade que se diz culta, que se diz cristã”, salientando que “perdemos as tradições familiares e religiosas”. Lembrou que “a sociedade se estertora”, como demonstra os recentes fenômenos físicos (tsunamis, maremotos, terremotos, vulcões, enchentes), deixando milhares de mortos e marcas indeléveis nos sobreviventes. Para ele, isso faz parte da lei de causa e efeito, que pode ser previsto, mas não evitado, que traz dores insuperáveis para a humanidade, revelando “nossa pequenez diante da vida”.

SOFRIMENTO E PARAÍSOS FISCAIS

Ao citar as enchentes ocorridas no Rio de Janeiro, falou que o povo continua desabrigado, sofrendo, enquanto políticos corruptos se regalam nos paraísos fiscais, numa demonstração da citada degradação moral e ética e da falta de sentimento humano. Citou a AIDS como consequência da promiscuidade e da insensatez nos relacionamentos sexuais.

Mas afirmou que todo esse quadro “quer dizer que estamos em um planeta em transição, a terra de tradição moral e cultural está em transição e deixará de ser local de expiação e de provas” e que “não há uma só família que não esteja açodada por algum tipo de sofrimento, material, social, moral ou espiritual”. E que “a vida tem um sentido: ser feliz”.

No entanto, lamentou a concepção, hoje, de que, para ser feliz, a pessoa “precisa ter dinheiro para ter poder, para comprar, para ter”, concluindo que “perdemos o sentido psicológico da vida, que é amar”. E pergunta: “Nessa transição, qual deverá ser a conduta humana?”, respondendo que será o amor, pois “quem não ceder pelo amor, cederá pela dor”.

Alertou que precisamos desenvolver o Deus interno, para crescer a labareda que vai queimar nossas imperfeições. Disse haver relação entre o amor e a doença: “quem ama não adoece”, que “ter doença não é ser doente” e que “a dor não vem de Deus, ela vem dos nossos maus hábitos”. Ensina que “devemos amar, o amor estimula nosso sistema imunológico e evita doenças”.

Disse que “o mundo não vai se acabar” e ironizou: “nos meus 84 anos, já vi o mundo acabar 14 vezes”. Mas garantiu que “estamos no limiar de uma nova era”, que estão nascendo as crianças que vão conduzir o mundo novo. Assegurou que os corruptos de hoje não mais se reencarnarão, vão para regiões dolorosas, para se evoluírem, “porque Deus não quer a morte do pecador, ele quer a morte do pecado”.

E sugeriu, por fim, que a humanidade se dê as mãos, para caminhar rumo ao Reino dos Céus, para começar, na Terra, esse reino, contribuindo com nossos pensamentos, nessa transição, sendo melhores pais, melhores, parceiros, melhores empregados, com a alma alegre e o coração pacificado, pelo amor a todas as criaturas.

Pessoas de vários credos assistiram, atentamente, à palestra do orador espirita, em Rio de Contas
Com informações do Mandacaru da Serra

sábado, 30 de julho de 2011

Projeto beneficia psicultores de Rio de Contas

Piscicultores do Município de Rio de Contas na Região Sudoeste do Estado da Bahia, a 720 quilômetros de Salvador, já receberam 20 tanques-redes para fase de Experimento de implantação de projetos de piscicultura na região da Barragem Luiz Viana.

O projeto estar beneficiando diretamente Os Cooperados da Associação de Pescadores do Município de Rio de Contas que vende os peixes no comercio local e municípios circuvizinhos a associação conta hoje atualmente com 37 Associados.

Através da Secretaria Municipal de Agricultura,com parceria com o DNOCS vão ser adquiridos nesta nova fase 10 mil alevinos neste mês de julho 2011 e mas tanques redes em outro estagio de implantação do projeto .

Concluindo assim a terceira despesca realizada desde o inicio de criação A piscicultura no interior do estado. E é feito atendendo à demanda das associações de produtores, que vêem na piscicultura uma nova alternativa de renda. “Hoje a piscicultura é uma realidade e por ter um custo menor, vem se expandindo nas pequenas comunidades rurais, gerando emprego, renda e, principalmente, produção de alimentos.

Com informações da Seagri Rio de Contas

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Ciclista disputará prova no Rio de Janeiro


O atleta Átila de Almeida, Advogado e Diretor da Equipe Serra Verde de Ciclismo, disputará, em Campos de Goytacazes, no Estado do Rio de Janeiro, a 67ª Prova Ciclística de São Salvador, que será realizada, pela Fundação Municipal de Esportes (FME), no dia 6 de agosto, do corrente ano, em parceria com a Federação Estadual de Ciclismo do Rio de Janeiro (Fecierj) e o Clube Duas Rodas de Campos. A prova, que faz parte do calendário nacional da categoria e é tradição durante a festa do Santíssimo Salvador, padroeiro da cidade, tem a supervisão da Confederação Brasileira de Ciclismo.

A competição traz para Campos atletas de todas as partes do Brasil, como o Campeão Brasileiro, Flávio Cardoso, além de competidores de outros países e, inclusive, no ano passado, atletas da Argentina, Portugal e Peru participaram da disputa. Segundo Átila de Almeida, sua pretensão seria levar a equipe livramentense Serra Verde de Ciclismo para disputa da competição, porém, tendo em vista a falta de patrocinadores para custear as despesas e necessidades dos atletas livramentenses, aguardará uma próxima oportunidade.

O advogado também se prepara para a 13ª Corrida Ecológica de Brumado a Rio de Contas, que será realizada no dia 04 de setembro, deste ano, com 68 km de estrada e 9 km de subida da Serra das Almas. Com informações do Brumado Notícias

terça-feira, 26 de julho de 2011

Fotógrafo André François inicia seu novo projeto: um documentário sobre as mulheres brasileiras

Mães, donas de casa, profissionais de sucesso, garotas descobrindo a juventude, senhoras ativas, mulheres vitoriosas. Ao longo de seis anos documentando a saúde no Brasil e no mundo, o fotógrafo André François se deparou com as mais diversas histórias de grandes mulheres. Mulheres que, diante dos obstáculos da vida, não se deixaram abater e superaram todos eles.

Cada uma dessas lições de vida inspirou o fotógrafo a falar sobre a mulher. Assim, André François inicia seu novo projeto, um documentário sobre a superação e a força que a mulher tem diante da vida. “Nesses anos, conheci mulheres incríveis, que ultrapassaram barreiras como preconceitos, machismo, violência, falta de proteção. Muitas venceram a violência doméstica, a cansativa dupla jornada de trabalho, a delicada questão do câncer, entre outras dificuldades. Diariamente, elas superam o desafio de ser mulher no Brasil e é isso que eu quero mostrar com este novo trabalho”, explica o foto documentarista.

Para contar essas histórias, o documentário, patrocinado pela empresa farmacêutica MSD, abordará questões como a maternidade na adolescência, a violência doméstica, e o câncer de mama e de colo de útero, grandes temas que circundam a saúde da mulher brasileira. Além disso, o projeto também mostrará a mulher na família, que acumula os serviços de mãe, dona de casa e ainda trabalha fora, e a mulher na terceira idade.

“Quero descobrir histórias de incríveis mulheres para mostrar para outras e para nós, homens, a força que elas têm diante da vida. Pretendo que elas passem suas mensagens para que todos possamos aprender com as suas experiências. Eu, como fotógrafo, sou apenas o meio de comunicação. Elas são as protagonistas”, diz André.

Em uma ação inédita, o fotógrafo criará um blog do documentário, para que as pessoas possam acompanhar como um projeto seu é desenvolvido: “A ideia é fazer com que os visitantes do blog possam acompanhar o desenvolvimento de um projeto e seus bastidores. Realizar um trabalho como esse exige muita pesquisa e planejamento, em um primeiro momento, e, em outros, você tem que se deixar levar pelas histórias”.

Com o projeto, André percorrerá as cinco regiões do país. Já esteve em Kikretum, no Pará, documentando as indígenas da tribo Kayapó; em Anápolis, Goiás, no centro-oeste do Brasil, onde conheceu interessantes histórias de superação; em Sorocaba, São Paulo, em que o fotógrafo retratou jovens mães de uma organização da região; em Fortaleza, Ceará, onde esteve com Maria da Penha, farmacêutica vítima de violência doméstica que deu nome à lei de proteção às mulheres; e em Serra Talhada, no Pernambuco, em que retratou trabalhadoras rurais sindicalistas. O próximo campo de André acontecerá nas cidades da região de Rio de Contas, Lençóis e Palmeiras, onde conversará também com Cybele Amado, fundadora do Instituto Chapada, referência na área da Educação. André estará na região entre os dias 28 de julho e 09 de agosto.

“Falar da força da mulher pode ajudar outras mulheres que vivem a mesma situação a superar suas limitações. Expor essas histórias em sensíveis imagens é a minha homenagem a elas”, conclui o fotógrafo.

ANDRÉ FRANÇOIS

André François, 44 anos, depois de um longo percurso na fotografia, criou em 1995 a organização ImageMagica, com o objetivo de utilizar o poder da imagem para desenvolver a percepção e a reflexão sobre temas de interesse público, visando a transformação social. Por esse trabalho, recebeu o prêmio da III Conferência Latino-Americana de Promoção da Saúde e Educação para a Saúde, concedido pela Organização Pan-Americana da Saúde, e foi finalista do Prêmio Empreendedor Social 2006, iniciativa da Fundação Schwab em parceria com o jornal Folha de S.Paulo.

Desde 2005, constrói um abrangente caleidoscópio de imagens sobre a saúde, registrado nos livros: Cuidar – Um documentário sobre a medicina humanizada no Brasil (2006), A curva e o caminho – Acesso à saúde no Brasil (2008), Escolher e viver – Tratamento e qualidade de vida dos pacientes renais crônicos (2009), e De volta para casa – Um documentário sobre o tratamento domiciliar no Brasil (2010). Em consequência dos trabalhos realizados, André recebeu importantes prêmios, como o primeiro lugar da Fundação Conrado Wessel, em 2008. No ano seguinte, a Coleção Pirelli/Masp de Fotografia adquiriu imagens de seu portfólio e o homenageou com uma sala especial. Sua metodologia foi reconhecida pela Fundação Banco do Brasil, Petrobras e Unesco.

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Retiro anual do Clero aconteceu em Rio de Contas


Entre os dias 18 a 22 de Julho grande parte do Clero da Diocese de Livramento fez o retiro anual no Raposo Chalé, próximo a Rio de Contas. Como pregador foi convidado o Pe. Gerson Bittencourt atual Reitor do Seminário de Filosofia da Arquidiocese de Vitória da Conquista.

Por sua vez Pe. Gerson conduziu o retiro fazendo duas colocações ao longo do dia e abordou os seguintes pontos: O poder do silêncio na vida do presbítero; a reconciliação com Deus consigo mesmo e com o mundo; a comunicação amorosa de Deus sendo Jesus de Nazaré o rosto da Palavra do Pai; o conhecer com a fé; a Palavra de Deus e o Espírito Santo, a tradição e a Sagrada Escritura, nossa resposta a Deus que fala, a Palavra de Deus e a Igreja.

Estes temas foram colocados à luz de textos bíblicos, a Constituição Dogmática Dei Verbum (Palavra de Deus) e a exortação apostólica pós-sinodal Verbum Domini do Papa Bento XVI (A Palavra de Deus na vida e na missão da Igreja). Houve também a recitação da Liturgia das Horas, a Celebração diária da Santa Missa e devoções populares como Via-Sacra das mãos, reza do terço e celebração penitencial. O retiro foi, sem dúvidas, um momento de descanso e de encontro pessoal com Deus, onde cada presbítero procurou reabastecer sua fé para levar adiante o grande desafio de evangelizar nos tempos atuais.

Ao Pe. Gerson fica o sincero agradecimento por parte do clero da Diocese de Livramento de Nossa Senhora. Confira as fotos.

Com informações da Paróquia de Nossa do Livramento

Grupo Comida dos Astros no Programa do Jô

Confiram um pouco do trabalho do Grupo Comida dos Astros no Programa do Jô.

Impressões de um artista visitante

O Notícias de Rio de Contas encontrou um relato sobre nossa cidade. Trata-se do crônica do ator Rony Cácio que é formado pelo curso livre de teatro da Universidade Federal da Bahia. Faz parte atualmente do Grupo de Teatro Comida dos Astros, um grupo de atores-cantores, que aposta no humor refinado, buscando a brasilidade antropofágica que utiliza liguagens multiformes como: música, teatro, paródia, rádio, arte culinária, tv e mimetismo.

O relato do ator está no blog do grupo comida dos astros, o "Rocamblog", confiram:

O dia em que salvei uma borboleta


O ano era 1998, tinha acabado de chegar em São Paulo e em dezembro, ganhei um gordinho prêmio ( pra época), do canal Multishow, que me deu a possibilidade de fazer aquelas viagens de final de ano para Bahia. Conheço bem a Chapada Diamantina, mais turística, a da região de Lençóis, coração da Bahia, mas o que muita gente não sabe é que tem uma parte que faz fronteira com Minas que é incrivelmente belíssima e foi numa dessas minhas aventuras que conhecí Rio de Contas. Esta cidade tem um dos lugares mais lindos que já fui, o Pico das Almas, que segundo informações é o lugar mais alto da região e que nos tempos pré colonização, os índios iam pra lá, descansar a alma.

Imagina você subir 1.958 metros que descortina numa vista indizível de realmente descansar qualquer espírito. Rio de Contas é uma cidade colonial das mais bem preservadas do Brasil, e que até foi cenário do filme, ‘Abril Despedaçado’ e um dos lugares mais claros que já freqüentei, lembro de ao meio dia, a cidade ficar um ermo, pois seus moradores vão para suas casas devido a luz viva, e quem conhece, esta peculiaridade, sabe que onde tem, muita claridade tem, muitas borboletas.

Eu existencialistinha que sou, sempre primei por não me afastar de minha essência, capiau-bugre-sertanejo-tabaréu e como tinha acabado de mudar pra São Paulo, a megalópole do afastar-se de si, estava inseguro quanto estar emparelhado do meu jeito indiado de ser. Saí pro quintal onde tinha um pé de erva cidreira e um borboletal de protagonizar a fotografia de qualquer filme de Kurosawa, fiquei contemplando aquela nuvem de borboletas de predominância amarela e na busca de encontrar-se com Cacinho, peguei um pedaço de melancia molhei a ponta do meu fura-bolo e levei a uma das centenas de borboletas que passavam a minha frente, e não é que uma delas pousou na ponta do meu dedo.Nunca mais esqueci esse namoro entre um caboclo e uma Choloepus didactilus. Chorei.

Morei um tempo no bairro da Aclimação e era freqüente minhas idas nas tardes ao Centro Cultural São Paulo e ali tem meio que despercebido, um jardim em frente a lanchonete, eu sempre chegava pegava um livro e ia sentar ao lado desse jardim, e numa dessas idas ao CCSP, na calçada do sebrae, olho pro chão e encontro uma borboleta amarela, com a asa machucada, e passantes transitando, quase a pisar, lembrei imediatamente da minha namorada amarela, peguei-a pus na palma da minha mão, molhei meu dedo de saliva e dei pra ela chupar com seu canudinho que lembra uma língua de sogra de aniversário, senti sua reação de melhora, parei em frente a uma vendedora de pokan, comprei uma, abri um bago e deixei sua linguinha de sogra deslizar pelos gominhos que eu estourava pra ela se deliciar, a danadinha, começou a bater asinha com mais vigor, deixei ela se recuperar um pouco mais e pus no jardim do centro cultural.

Desde então toda vez que vejo uma borboleta no chão, de asa quebrada...

domingo, 24 de julho de 2011

Divaldo Franco realizará palestra em Rio de Contas

O médium e orador Divaldo Franco realizará palestra no próximo dia 29, sexta-feira, no Centro Espírita Alberto Ramos em Rio de Contas. O tema da palestra será "A Transformação da Humanidade Frente a Transição Planetária".

O horário será as 19:30 hs e deverá acontecer uma sessão de autógrafos antes da palestra.

Divaldo Pereira Franco é natural de Feira de Santana. É reconhecido como um dos maiores médiuns e oradores espíritas da atualidade.

Fundou, juntamente com seu fiel amigo Nilson de Souza Pereira, o Centro Espírita Caminho da Redenção e a Mansão do Caminho, que atendem a toda a comunidade do bairro de Pau da Lima, em Salvador, beneficiando milhares de doentes e necessitados.

Jonas Mafra assume a prefeitura temporariamente

Jonas Mafra à esquerda, ao lado da ex-deputada Marizete Pereira, o deputado federal Lúcio Vieira Lima e Márcio Farias.


O vice-prefeito Jonas Mafra assumiu a prefeitura de Rio de Contas temporariamente. O motivo, não oficializado ainda, seria uma viagem do prefeito Márcio Farias à Cuba.

O Diário Oficial do Município não trouxe qualquer portaria a respeito, entretanto o último ato do prefeito foi publicado na edição de 20/07/2011. A edição de quinta-feira, 22, já traz portaria assinada pelo prefeito em exercício Jonas Mafra.

Segundo informações não oficiais, o afastamento tem duração prevista de 15 dias.


Conheça a história da família quilombola que adotou um menino branco

Matéria exibida em 03/06/2011 no programa Câmera Record.

quinta-feira, 21 de julho de 2011

MJ aprova projeto de agroecologia para a APA Serra do Barbado

O Ministério da Justiça através do Conselho Federal Gestor do Fundo de Defesa de Direitos Difusos - CFDD que tem como objetivo a reparação dos danos causados ao meio ambiente, ao consumidor, a bens e direitos de valor artístico, estético, histórico, turístico, paisagístico, por infração à ordem econômica e a outros interesses difusos e coletivos, aprovou o projeto "Agroecologia na APA estadual da Serra do Barbado".

A execução está prevista, segundo o edital, para 2012, e foi apresentada pela Organização Atuante na Saúde e Integração Social, organização não-governamental com sede em Rio de Contas.

quarta-feira, 20 de julho de 2011

III Conferência Municipal de Assistência Social

Será realizada no dia 03 de agosto, a III Conferência Municipal de Assistência Social que terá como objetivo avaliar e propor diretrizes para a implementação da Política de Assistência Social no Município.

A Conferência terá como tema central: “Consolidar o SUAS eValorizar seus Trabalhadores” e foi convocada através do Decreto nº 110/2011, de 18 de julho de 2011.

terça-feira, 19 de julho de 2011

A inércia política toma conta de Rio de Contas II

Tema de hoje: Cultura

A notícia que você acabou de ler foi publicada no Notícias de Rio de Contas em março de 2010 e fevereiro de 2011. Passado mais de um ano, a cidade ainda não pode perceber os reflexos que este título trouxe à cidade.

Mas ao relembrar essas novas notícias velhas, vamos destacar alguns trechos:
"(...) iremos trabalhar na divulgação dos municípios e no cadastramento dos seus hotéis e pousadas (...)"
"O título conquistado em 2010 garantiu a implantação de um plano cultural para a cidade (...)"

Mas a discussão que se deve fazer é o que de prático tem acontecido com a cultura em Rio de Contas? a sensação é de esvaziamento cada vez mais das nossas tradições, inclusive com forte da apoio da Igreja, numa cidade onde as tradições religiosas são marcantes.

Os jovens não tem incentivo e não conhecem nossas tradições. Falta teatro ao Teatro São Carlos. Falta incentivo à leitura numa biblioteca defasada e que não atrai novos leitores. Falta um museu que mostre a nossa história aos visitantes ( a excessão do particular Museu Zofir Brasil que carece de apoio).

A bela e encantadora Lira dos Artistas sofre com a falta de incentivo e sobrevive a duras penas. Sofre a cidade por não oportunizar aos adolescentes aulas de música.

Nosso caranval vai perdendo a essência, e não é só garantindo palco alternativo que vamos resgatar nossas tradições. Quem não se lembra do período pré-caranvalesco em que as "caretas" começavam a dar o ar das graças 15 dias antes dos caranval? é preciso ensinar às novas gerações o processo fabril das máscaras, desde as mais simples até as mais sofisticadas. O concurso que premiava as melhores já não tem o mesmo brilho.

O que dizer então do São João, em que apesar de nunca sermos fortes em festas "grandiosas" mas tinhamos um brilho peculiar com o envolvimento de escolas e sociedade nas grandes quadrilhas, pau-de-sebo, trança-fitas e outros.

As escolas já não ensinam as cantigas de roda e brincadeiras de outrora.

Quem não se lembra dos desfiles de 7 de setembro e aniversário da cidade?

E as gincanas culturais e esportivas do antigo CIRCEA?

É preciso discutir o que aconteceu e o que poderá acontecer? será a modernidade e seus computadores a grande responsável por essa perda de identidade? e as escolas, qual o seu papel? e o poder público? os pais? a sociedade?

Será que estamos condenados a ampliar e absorver como definitivas tais mudanças no cenário cultural riocontense? quem será capaz de fazer eferveçer novamente todas essas singularidades de nosso munícipio?

Fato é que cultura não se impõe, e tão menos se resolve com elaboração de projetos sem participação da sociedade.


Novas notícias velhas

segunda-feira, 22 de março de 2010

Rio de Contas é eleita a Cidade Baiana da Cultura 2010



Localizada a 783 quilômetros de Salvador, Rio de Contas – município baiano de quase 14 mil habitantes – é a Cidade Baiana da Cultura 2010. Com pouco mais de mil e cinqüenta quilômetros quadrados, Rio de Contas obteve a maior pontuação na soma das notas recebidas pelos cinco membros da comissão – que seguiram rigorosamente o regulamento. Em 2º, 3º e 4º lugares ficaram Cachoeira, Jacobina e São Francisco do Conde, respectivamente.

Para o coordenador do concurso Cidade Baiana da Cultura 2010, André Reis, o resultado da iniciativa e a adesão das cidades rende boas expectativas para o próximo ano: “Foi gratificante perceber o envolvimento e esforço das cidades em apresentar a sua riqueza cultural.

Todas elas serão beneficiadas, pois iremos trabalhar na divulgação dos municípios e no cadastramento dos seus hotéis e pousadas”, diz o sócio da Gtrês, produtora responsável pela realização do projeto.

A escolha da cidade considerou a qualidade e viabilidade do programa cultural apresentado, a contribuição para o fomento da inovação artística e a criação de novas formas de ação e de diálogo cultural, a participação das camadas sociais menos favorecidas economicamente em ações que contribuam para a sua inclusão social e cultural, o fomento ao turismo cultural de qualidade, o grau de coesão social (participação do poder público, iniciativa privada e sociedade civil) em torno da candidatura da cidade, entre outras questões.

Para eleger a cidade cultural da Bahia foram necessários cinco encontros, entre os últimos dias 04 e 17 de março. A Comissão - composta por Ivanna Soutto, da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia; Soraia Sena, do Fórum Estadual de Turismo; Normelita Oliveira, do Fórum de Dirigentes Municipais de Cultura da Bahia; José Carlos Oliveira, da Secretaria de Turismo do Estado; além do coordenador André Reis - se reuniu no prédio da Secretaria de Turismo do Estado, na Av. Tancredo Neves, para análise de todos os formulários, CDs, DVDs, material de divulgação e demais itens enviados.

Para Normelita Oliveira, a experiência foi enriquecedora: “Queria, antes de tudo, parabenizar a Gtrês pela iniciativa. Fiquei encantada com o potencial dessas cidades. O concurso vai contribuir para a divulgação de lugares e riquezas que muitos ainda desconhecem, para a criação de políticas públicas e para fomentar e fortalecer a cultura na Bahia”, diz. Sobre a vencedora, destaca: “Rio de Contas é merecedora do título. Conferimos uma apresentação bastante técnica, objetiva e sensível”. Normelita acredita que a 2º edição do projeto contará com uma participação ainda maior das cidades. “Elas estarão mais preparadas para a defesa de suas candidaturas”, finaliza.

Com a cidade cultural eleita, os próximos passos da organização será a assinatura do Termo de Nomeação da CBC 2010 – marcada para este sábado, 27, quando a Comissão visita Rio de Contas; a apresentação do Comitê organizador da CBC, que vai ajudar a preparar a programação cultural do município; a criação do logotipo e demais símbolos da vencedora; a apresentação do programa oficial da cidade; a nomeação oficial de Rio de Contas como cidade baiana da cultura 2010; e o ato solene de abertura da CBC – os dois últimos eventos marcados para o dia 1º de maio.

Fonte: Site Oficial do Concurso

___________________________________________________________________

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Rio de Contas experimenta novos rumos na cultura

Com informações do Tribuna da Bahia

Um ano depois de ganhar o concurso Cidade Baiana da Cultura, o município de Rio de Contas (Chapada Diamantina – Bahia) se instrumentaliza para fazer da difusão da sua cultura uma ferramenta para o desenvolvimento social.

O título conquistado em 2010 garantiu a implantação de um plano cultural para a cidade, contando com a orientação e assessoria em gestão pela empresa Grupo3 – através das suas produtoras Expo 3 Exhibits e Expo Eventos, com o apoio da Secretaria de Turismo e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia.

Rio de Contas foi a cidade escolhida entre os 17 municípios participantes do concurso em 2010. A concorrência visa valorizar a identidade cultural das cidades baianas, estimulando a criação de práticas que construam uma programação própria para cada lugar e resgatem sua herança histórica.

Atualmente, a cidade conta com a orientação do Grupo3 para captar recursos para promover uma festa de carnaval misturando tradição e modernidade. Tombada em 1980 pelo IPHAN – Instituo Patrimônio Histórico Artístico Nacional, Rio de Contas é um dos três mais importantes conjuntos arquitetônicos coloniais da Bahia. A cidade foi fundada em 1745 e preserva a memória dos tempos de riqueza da Chapada Diamantina.

Em 2010, o município cumpriu o calendário proposto no concurso Cidade Baiana da Cultura, a exemplo da tradicional Festa de Corpus Christi, uma das mais importantes celebrações locais, mobilizando a participação de 15 mil pessoas. Um dos destaques da programação foi o momento religioso com o show do Padre Zezinho e a apresentação do Grupo Canindé.

O Grupo3 apoiou a realização de outro ponto alto da cultura local: a festa de São João, reiterando a cidade como uma das mais atraentes e interessantes da Chapada Diamantina. A participação da cidade também foi importante na EXPOART – Feira Internacional de Artesanato, Arte, Cultura e Turismo, que ocorreu no Centro de Convenções da Bahia, com a exposição produzida pela equipe do Grupo3 para ser exibida na Vila Turística.

domingo, 17 de julho de 2011

Em breve, população de Rio de Contas poderá acompanhar pagamentos da prefeitura em tempo real

Essa importante conquista na luta pelo aumento na transparência de gastos dos poderes executivos se dará por conta da Lei Complementar 131, de 2009 que determina que as prefeituras deverão colocar em tempo real, informações sobre a arrecadação e como gastam o dinheiro dos contribuintes. A lei começou a entrar em vigor de acordo com a faixa populacional do município. Em maio de 2010 para municípios acima de 100.000 habitantes. Neste ano foram obrigados os municípios entre 50.000 e 100.000 habitantes. Já em 2013 será a vez dos municípios com até 50.000 habitantes.

Dessa forma a população saberá de maneira detalhada a origem do dinheiro que entra nas prefeituras e para quem está indo os pagamentos por ela efetuadas. O Noticías de Rio de Contas resolveu testar a efetivadade da lei e acessou o site da Prefeitura de Vitória da Conquista. Nele é possível consultar os pagamentos por etapa: empenho, liquidação e pagamento. Também pode ser consultado por pagamentos efetuados em uma data. Na consulta abaixo foi extraído a data de 07 de julho de 2011 em que estão todos os pagamentos efetuados:

Ao clicar sobre um determinado pagamento ele abre detalhando o processo, conforme abaixo:


Quem quiser testar a ferramenta pode acessar o site da Prefeitura de Vitória da Conquista clicando aqui.

A lei acrescenta dispositivos à Lei Complementar no 101, de 4 de maio de 2000, que estabelece normas de finanças públicas voltadas para a responsabilidade na gestão fiscal, a fim de determinar a disponibilização, em tempo real, de informações pormenorizadas sobre a execução orçamentária e financeira da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios.

O não atendimento a essa determinação da lei impedirá os entes públicos de receber as transferências voluntárias a que tem direito. Em 2013, ano de ínicio de nova gestão, a prefeitura terá como tarefa inicial adequar os seus sistemas para a nova exigência.

Caberá aos cidadãos acompanhar a execução de receitas e despesas, papel atribuído também aos vereadores, que nem sempre a executam de maneira satisfatória. É esperar para ver.


sábado, 16 de julho de 2011

Estado convoca candidatos aprovados no concurso da Educação

O Diário Oficial do Estado (DOE) publicou, nesta sexta-feira (15), a convocação de 2.353 candidatos aprovados no concurso público para o cargo de professor do ensino fundamental e médio da rede estadual. Do total, 477 profissionais irão atuar em Salvador e região metropolitana. Os demais, 1.876 candidatos, serão distribuídos entre as 32 Diretorias Regionais de Educação (Direc) lotadas no interior da Bahia.

A convocação para provimento de vagas irá obedecer à ordem de classificação por Direc/Pólo e Disciplina. Nesta etapa, os 2.353 convocados deverão realizar os exames pré-admissionais, a cargo da Junta Médica do Estado, e apresentar na Secretaria da Educação (SEC) toda a documentação necessária para investidura no cargo, como está listado no capítulo 5 do Edital de Abertura.

Esta é a primeira convocatória realizada para o certame, que aprovou o total de cinco mil candidatos após a realização das provas discursivas e objetivas, além da avaliação de títulos. Os aprovados no concurso que excederem o número de vagas disponíveis irão integrar o cadastro de reserva.

O certame, realizado pelo Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UNB), sob a coordenação da Secretaria de Administração do Estado da Bahia (Saeb), é para o provimento de 3,2 mil vagas para o cargo de Professor Padrão P – Grau 1. Os profissionais terão carga horária de 20 horas semanais.

Confiram a relação de candidatos convocados para o Pólo de Rio de Contas do qual também faz parte Jussiape e Livramento de Nossa Senhora:
  • Educação Física: Thiago Amaral Martins
  • Língua Portuguesa: Sara Souza Pau-ferro e Ana Paula Soares da Silva
  • Inglês: Fábio Caires Silva e Vilson Alves Novais
  • Matemática: Luciano Alves Batista, Cinthia Batista Nunes e Maria Fabiana Soares Silva
  • Geografia: Ubaldo Jose de Carvalho Junior e Sueli Dias Silva
  • História: Leda Ivana Bitencourt Barreto, Luciana Correia de Amorim e Ramon Dutra Lobo
  • Biologia: Luiz Eugenio Caires Santos
  • Física: Jailton Muniz Mendes
  • Química: Pedro Silva Machado
Com informações da Secom e Diário Oficial

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Nota de Esclarecimento do DNOCS

Em nota divulgada pelo Mandacaru da Serra no dia 07.07.2011 com o titulo “Fruticultura ameaçada” – COMISSÃO MUDA DECISÃO E EVITA LIBERAÇÃO DE COTA EXTRA DE ÁGUA, venho esclarecer que não foi passada informação errada aos participantes da reunião realizada no dia 29.06.2011 na Câmara de Vereadores de Livramento de Nossa Senhora.

Como técnico do DNOCS apresentei aos membros da Comissão Gestora dos Açudes Brumado e Riacho do Paulo a situação critica em que o reservatório se encontra e face a escassez de água apenas um Cenário foi colocado para apreciação da Comissão que aprovou por unanimidade.

Durante a reunião minhas palavras foram sempre de alerta aos membros da Comissão com relação à situação critica que se encontra o reservatório do açude Brumado, conforme pode ser comprovado na ATA DA REUNIÃO, inclusive, transcrevo um trecho da mesma:

Raimundo Goethe volta a afirmar que para o Pólo de fruticultura entrar em colapso total basta um ano seco e mais uma vez sugeriu a realização de um estudo hidrológico integrado da Bacia do Rio Brumado, visando buscar definir estruturas de melhorias na captação e acumulação das águas de chuva e principalmente sistemas eficientes de irrigação”.

A Comissão Tríplice que dirigia a reunião foi que decidiu acatar e colocar em votação as propostas de cotas extras para Dom Basílio nos valores de 7.000.000(Prefeitura de Dom Basílio), 5.800.000 (APROVALE) e 5.000.000 m³ (CDL), tendo sido aprovada a liberação de 5.000.000 m³ que corresponde a 1.970.000 m³ do Cenário D apresentado pelo DNOCS e aprovado pela Comissão e como “cota extra o volume de 3.030.000 m³”, logo não foi aprovado cota extra de 5.000.000 m³ como foi divulgado.

Com a aprovação pela Comissão Gestora do açude da cota extra de 3.030.000 m³ para Dom Basílio, o DNOCS analisou tecnicamente a situação do reservatório e referendou a decisão da Comissão que teve ampla maioria a favor.

A real situação do reservatório do açude Eng° Luiz Vieira (Brumado) após as decisões da COMISSÃO GESTORA na reunião do dia 29.06.2011 é apresentada a seguir:

VOLUME DO RESERVATÓRIO NO DIA 29.06.2011 (dia da reunião) – 39.262.400 m³ CONSUMO MÉDIO MENSAL TOTAL (todos os consumos – abastecimento, irrigação geral, vazão ecológica e evaporação) – 4.162.976 m³ VOLUME EXTRA APROVADO PARA DOM BASÍLIO – 3.030.000 m³ VOLUME CRÍTICO (destinado ao abastecimento humano/animal) – 5.250.000 m³ VOLUME UTIL PARA IRRIGAÇÃO (volume reservatório menos abastecimento e cota extra) – 30.982.400 m³ N° DE MESES QUE O VOLUME UTIL ATENDERIA = 7,44 (30.982.400 / 4.162.976).

A informação de que o açude a partir de setembro só teria água apara o abastecimento humano não é verdadeira e foi divulgada sem fundamento técnico.

Quero deixar claro que o volume de 15.000.000 m³ que foi divulgado como destinado para o abastecimento humano e animal não condiz com a realidade, pois o volume retirado pela EMBASA para abastecimento de Rio de Contas e Livramento são respectivamente 344.372 m³/ano e 1.207.762 m³/ano totalizando 1.552.134 m³/ano bem aquém do que tecnicamente consideramos em nossas simulações como reserva que é de 5.250.000 m³ que caso não houvesse ocorrência de chuvas atenderia ao abastecimento humano e animal durante três anos.

Os 15.000.000 m³ na realidade representa o volume de alerta, destinado a irrigação, visando manter as culturas vivas.

Lembramos que não estamos levando em consideração as vazões que o reservatório recebe durante o ano inteiro do Rio Brumado e demais contribuintes, o que representa mais uma margem de segurança para o nosso Método de Simulação de esvaziamento do reservatório.

Portanto o reservatório mesmo com a cota extra aprovada para Dom Basílio atenderia a irrigação normal do Projeto com redução de 25% no consumo, como foi aprovado na comissão (cenário D) até o mês de outubro de 2011 quando o reservatório estaria no inicio de novembro com volume de 14.508.351 m³ disponíveis, para a partir de novembro manter as culturas perenes vivas, caso não haja recarga no reservatório a partir de outubro/2011 até abril/2012 período chuvoso na região.

Com base na Simulação do reservatório com data inicial de 01.07.2011 mostrando o comportamento previsto do esvaziamento do reservatório, no qual se observa que o mesmo atenderia a irrigação com base no cenário D apresentado e aprovado pela Comissão Gestora por unanimidade até o mês de março de 2012.

Logo, a minha participação como servidor do DNOCS na reunião foi absolutamente técnica, pois jamais iria agir de forma irresponsável apresentando dados manipulados. Os membros de Livramento que fazem parte da comissão gestora votaram a favor da descarga extra para Dom Basílio, assim o fizeram ciente da real situação critica do reservatório apresentada pelo DNOCS.

Eng° Raimundo Goethe Peixoto Junior

Chefe do Serviço Técnico do DNOCS

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Num novo round bate-e-volta Câmara de Rio de Contas muda de presidente outra vez

O vereador Otaviano Nunes da Silva, que assumiu a presidência da Câmara de Rio de Contas para suprir vaga deixada pelo presidente titular da mesa diretora (que faleceu no exercício do cargo); em seguida, destituído por força de uma eleição realizada para a escolha de um novo mandatário da casa legislativa, volta de novo a ocupar a função por força de um mandado de segurança deferido a seu favor, em decisão proferida pelo desembargador Clésio Rômulo Carrilho Rosa que também foi o relator do agravo de instrumento julgado dia 11 de julho e já publicado no mesmo dia no Diário da Justiça eletrônico.

Com a decisão, deixa a presidência o vereador Hudson Luz Pita (Uca) que tinha assumido em lugar do próprio Otaviano também por força de ação judicial. Mas o imbróglio jurídico está longe de acabar, criando um clima de instabilidade no poder legislativo riocontense desde que o vereador José Carlos faleceu e o cargo teve que ser preenchido pelo vice-presidente da mesa na época, o próprio Otaviano Nunes. Em seguida pelo presidente eleito depois, Uca. O mandado de segurança em favor de Otaviano Nunes foi impetrado pelo advogado Thiago Vislasboas Carneiro Gutemberg.

Com informações do Mural de Notícias

Quem é o presidente da Câmara de Vereadores de Rio de Contas?

A disputa pelo comando da Câmara Muncipal de Veradores de Rio de Contas está longe do fim. Desde março deste ano, com a morte do presidente da Câmara, a disputa pela direção da casa foi parar na justiça com liminares que ora beneficia o ex-presidente Uca, ora o vice-presidente Otaviano.

A população diante de tantas decisões contraditórias pela justiça já não sabe responder quem é o presidente da Cãmara. Melhor consultar a justiça antes de responder a essa dificil pergunta.


Incêndio é controlado no Pico do Itobira

O incêndio no Pico do Itobira, na cidade de Rio de Contas, na Chapada Diamantina, foi controlado naturalmente durante a madrugada desta quarta-feira (13), em razão do tempo nublado na região.

De acordo com Ana Paula Soares, gestora da Área de Proteção Ambiental (APA) Serra do Barbado, responsável pela área, a área não precisou ser sobrevoada pelo helicóptero cedido pela Secretaria de Segurança Pública porque os bombeiros conseguiram confirmar o fim dos focos de incêndio em caminhada pela região na manhã de hoje.

A aeronave, que estava à disposição dos bombeiros no aeroporto de Lençois, não chegou a sobrevoar a área por falta de condições climáticas na região. Por esse motivo, ainda não foi possível calcular o tamanho do estrago provocado pelas chamas, que tiveram início na noite da última segunda-feira.

As informações são do Correio*


Ponto de Leitura em Casa de Telha

Associação Vale do Ribeirão, do Povoado de Casa de Telha, município de Rio de Contas, recebe prêmio Ponto de Leitura do Programa Mais Cultura.

A Bahia deu um passo fundamental na caminhada pela democratização do acesso à leitura. 146 representantes de municípios baianos compareceram ao Palácio da Aclamação, no dia 20/06, para receber a premiação de R$ 20 mil. Lançado em parceria com o MinC, o edital de Apoio aos Pontos de Leitura integra o Programa Mais Cultura e é voltado para o incentivo à ações culturais que fomentem a democratização do acesso gratuito aos livros, revistas, periódicos e outros suportes.

O objetivo principal é ampliar as perspectivas de inclusão social, por meio do fortalecimento da prática ledora.

Jocely Bomfim dos Santos, conhecido por CARECA, Presidente da Associação Vale do Ribeirão do Povoado de Casa de Telha, do município de Rio de Contas, contemplada com o prêmio, estava presente na cerimônia de Premiação, ressaltou a importância da existência de uma Associação ativa em uma comunidade e o reconhecimento por parte dos órgãos Governamentais para fomentar a cultura local e o fortalecimento da identidade. É “por meio de iniciativas como esta que a Bahia vai diminuir as desigualdades sociais”.

O projeto Ponto de Leitura de Casa de Telha realiza uma parceria com o Ponto de Cultura Ciranda de Bonecos que contribuiu na elaboração do projeto,e desenvolverá as ações de fomento à leitura através de seus colaboradores como Ana Rosa sua coordenadora.

As informações são do Blog do Ponto de Cultura Ciranda de Bonecos

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Confiram as fotos do incêndio na APA Serra do Barbado

O inverno e a primavera tipicamente seca da região mais uma vez contribui para o aumento no número de queimadas na região. Dessa vez a área atingida fica próxima ao Pico do Itobira e fica dentro da Área de Proteção Ambiental Serra do Barbado.

Á área é importante pontos de nascentes e no momento em que a barragem de Rio de Contas apresenta níveis baixos em seu reservatória a preocupação fica ainda maior. Vale ressaltar que o período chuvoso em Rio de Contas vai de novembro a março.

As fotos abaixo estão no Blog da Apa Serra do Barbado. Entrem e conheçam um pouco mais dessa importante área que engloba os municípios de Rio de Contas, Abaíra, Rio do Pires, Piatã, Érico Cardoso e Jussiape.

Link: http://apaserradobarbado.blogspot.com/


Violência assusta moradores de Mato Grosso

Quem pensa que a violência está restrita aos médios e grandes centros urbanos está enganado. Rio de Contas já não é mais a mesma cidade pacata de sempre.

Na madrugada da última sexta-feira, na estrada de Mato Grosso para Rio de Contas, bandidos encapuzados bloquearam a estrada, forçando assim a parada de um carro que fazia o trajeto. A tentativa de assalto deixou moradores preocupados e assutados.

Repasse de verbas para Rio de Contas - Junho de 2011


O cidadão que deseja conhecer os valores repassados às prefeituras municipais pode acessar o Demonstrativo de Distribuição de Arrecadação no site do Banco do Brasil (no campo nome do beneficiário insira o nome da sua cidade). O link é:

https://www13.bb.com.br/appbb/portal/gov/ep/srv/daf/index.jsp

Para o mês de junho a prefeitura de Rio de Contas totalizou os seguintes valores:

TOTAL DOS REPASSES NO PERIODO

Débito Benef. = 295.597,64 D
Crédito Benef. = 1.274.709,57 C

No site é possivel verificar os repasses detalhados das seguintes receitas:

FPM - FUNDO DE PARTICIPACAO DOS MUNICIPIOS
FEP - FUNDO ESPECIAL DO PETROLEO
ICMS - DESONERACAO DAS EXPORTACOES LEI 87/96
ITR - IMPOSTO TERRITORIAL RURAL
ICS - ICMS ESTADUAL
FUS - FUNDO SAUDE
IPM - IPI EXPORTACAO - COTA MUNICIPIO
CID - CIDE-CONTRIB. INTERVENCAO DOMINIO ECONOMICO
FUNDEB - FNDO MANUT DES EDUC BASICA E VLRIZ PROF EDUCAÇÃO
SNA - SIMPLES NACIONAL
IPV - IPVA-IMPOSTO SOBRE PROP. VEICULOS AUTOMOTORES
IES - FIES-FUNDO INVEST.ECONOMICO SOCIAL DA BAHIA

Por conter inúmeros valores colocamos aqui apenas o valor global, para saber detalhadamente os valores individuais de cada repasse é só acessar o referido link.

Fonte: DAF - Distribuição de Arrecadação Federal