segunda-feira, 22 de março de 2010

Rio de Contas é eleita a Cidade Baiana da Cultura 2010


Localizada a 783 quilômetros de Salvador, Rio de Contas – município baiano de quase 14 mil habitantes – é a Cidade Baiana da Cultura 2010. Com pouco mais de mil e cinqüenta quilômetros quadrados, Rio de Contas obteve a maior pontuação na soma das notas recebidas pelos cinco membros da comissão – que seguiram rigorosamente o regulamento. Em 2º, 3º e 4º lugares ficaram Cachoeira, Jacobina e São Francisco do Conde, respectivamente.

Para o coordenador do concurso Cidade Baiana da Cultura 2010, André Reis, o resultado da iniciativa e a adesão das cidades rende boas expectativas para o próximo ano: “Foi gratificante perceber o envolvimento e esforço das cidades em apresentar a sua riqueza cultural.

Todas elas serão beneficiadas, pois iremos trabalhar na divulgação dos municípios e no cadastramento dos seus hotéis e pousadas”, diz o sócio da Gtrês, produtora responsável pela realização do projeto.

A escolha da cidade considerou a qualidade e viabilidade do programa cultural apresentado, a contribuição para o fomento da inovação artística e a criação de novas formas de ação e de diálogo cultural, a participação das camadas sociais menos favorecidas economicamente em ações que contribuam para a sua inclusão social e cultural, o fomento ao turismo cultural de qualidade, o grau de coesão social (participação do poder público, iniciativa privada e sociedade civil) em torno da candidatura da cidade, entre outras questões.

Para eleger a cidade cultural da Bahia foram necessários cinco encontros, entre os últimos dias 04 e 17 de março. A Comissão - composta por Ivanna Soutto, da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia; Soraia Sena, do Fórum Estadual de Turismo; Normelita Oliveira, do Fórum de Dirigentes Municipais de Cultura da Bahia; José Carlos Oliveira, da Secretaria de Turismo do Estado; além do coordenador André Reis - se reuniu no prédio da Secretaria de Turismo do Estado, na Av. Tancredo Neves, para análise de todos os formulários, CDs, DVDs, material de divulgação e demais itens enviados.

Para Normelita Oliveira, a experiência foi enriquecedora: “Queria, antes de tudo, parabenizar a Gtrês pela iniciativa. Fiquei encantada com o potencial dessas cidades. O concurso vai contribuir para a divulgação de lugares e riquezas que muitos ainda desconhecem, para a criação de políticas públicas e para fomentar e fortalecer a cultura na Bahia”, diz. Sobre a vencedora, destaca: “Rio de Contas é merecedora do título. Conferimos uma apresentação bastante técnica, objetiva e sensível”. Normelita acredita que a 2º edição do projeto contará com uma participação ainda maior das cidades. “Elas estarão mais preparadas para a defesa de suas candidaturas”, finaliza.

Com a cidade cultural eleita, os próximos passos da organização será a assinatura do Termo de Nomeação da CBC 2010 – marcada para este sábado, 27, quando a Comissão visita Rio de Contas; a apresentação do Comitê organizador da CBC, que vai ajudar a preparar a programação cultural do município; a criação do logotipo e demais símbolos da vencedora; a apresentação do programa oficial da cidade; a nomeação oficial de Rio de Contas como cidade baiana da cultura 2010; e o ato solene de abertura da CBC – os dois últimos eventos marcados para o dia 1º de maio.

Fonte: Site Oficial do Concurso

Um comentário:

annaangelicaalmeida disse...

PARABÉNS RIO DE CONTAS!!!