domingo, 13 de junho de 2010

“Nega do Zofir” cai do alto da serra

Do Mandacaru da Serra

A bela obra de arte, a “Mãe da Natureza”, segundo o autor, e “Nega do Zofir”, para todos nós da região, que reinava absoluta em plena Serra das Almas, uma das paradisíacas paisagens da Chapada Diamantina, na Bahia, está despedaçada. De uma simples pedra, de origem vulcânica, o genial artista plástico Zofir Oliveira Brasil (1926-1990), que residiu em Rio de Contas, fez um cartão postal, que se transformara em ícone da cultura regional.

Aproveitando o formato da grande rocha, ele pintou o rosto de uma mulher negra, fumando cachimbo, que era vista, em toda sua inteireza, por quem passava pela estrada que liga Livramento de Nossa Senhora a Rio de Contas, na Bahia, a chamada “Estrada Ecológica” (Estrada Desembargador Antônio Carlos Souto).

Provavelmente na última segunda ou terça-feira, a pedra foi destruída, sem que se saiba, ainda, o que causou a destruição. No local, há fortes indícios de ter sido caprichosamente destruída, por selvagem ato de vandalismo ou vandalismo combinado com alguma forma de intolerância. Poucos acreditam em desmoronamento espontâneo, pois a rocha milenar não apresentava qualquer sinal de abalo.

Os sinais de despedaçamento e de destruição da vegetação em volta são indicativos de interferência humana. A pedra em que havia a pintura, nitidamente retratando a figura de mulher negra, rolou para mais de 100 metros, repousando na base do morro em cujo topo se encontrava. Ao lado da base, agora vazia, ficou, além de restos da pintura, o cachimbo, em metal, que fazia parte da composição artística.

Clique aqui

http://noticiasderiodecontas.blogspot.com/2009/08/o-fabuloso-zofir-brasil.html e saiba mais sobre Zofir Brasil e sua obra.



3 comentários:

Liz Dantas disse...

É lamentavel que existam pessoas,com atitudes tão pequenas e mesquinhas. A Serra do Pico das Almas,está mutilada,vai ser dificil passar por lá e não vê mais a "Nega"
Isto tem que ser apurado

Anônimo disse...

Manifesto o meu repúdio ao vandalismo inaceitável representado por esta ação.

Gostaria muito de ver o(s) culpado(s) identificados e punido(s) com os rigores da lei.

Neandro Santiago

jefferson disse...

Eu moro em Livramento e via a
esta obra de arte toda vez que eu viajava. E agora ficará um vazio sem esse patrimônio.